Projeto "Teleassistência"

No âmbito do protocolo entre a Comunidade Intermunicipal do Baixo Mondego (CIM-BM) e a Câmara Municipal de Mealhada (CMM), referente ao Projeto "Teleassistência", o Município de Mealhada aderiu em Abril de 2012 à fase experimental do projeto supra mencionado, sinalizando 10 munícipes para utilização do sistema fixo e móvel do serviço de teleassistência.

O público-alvo deste projeto são pessoas que comprovadamente necessitem do serviço de teleassistência, devido a isolamento, doença, dependência, deficiência, etc., independentemente da sua condição económica.
Neste sentido, e após o período experimental, a CMM tem desde Setembro 2012, 10 equipamentos instalados. Dos 10 equipamentos, 7 são da empresa HELPPHONE (sistema fixo) e 3 são da empresa TCARE (sistema móvel).

Conforme os critérios de atribuição definidos pelo Setor de Ação Social, 7 equipamentos têm a comparticipação da CMM (custo do aluguer do equipamento) e os restantes 3 são suportados na totalidade pelos utentes. Os utentes não comparticipados devem efetuar o pagamento de 100% do custo mensal do equipamento (aluguer e chamadas).

Relativamente aos documentos produzidos no âmbito do serviço supra mencionado, a CMM elaborou internamente os critérios de atribuição para acesso ao serviço de teleassistência, a ficha de identificação dos utentes e a ficha de registo de ocorrência individual. Presentemente o Setor de Ação Social (SAS) tem em curso a elaboração das respetivas normas de funcionamento.



Notícias Relacionadas



Bosque Madiba será criado no Bussaco
19 junho, 2019

Bosque Madiba será criado no Bussaco

A Câmara da Mealhada aprovou, em reunião de Executivo Municipal, o protocolo de cooperação entre a Associação Patrulheiros e a Fundação Mata do Bussaco ...