Tabela de Taxas

Na reunião da Câmara Municipal da Mealhada que se realizou no dia 23 de Maio de 2013, foi aprovada a Proposta de Alteração ao REGULAMENTO E TABELA DE TAXAS DO MUNICÍPIO DA MEALHADA, a submeter posteriormente a ratificação da Assembleia Municipal da Mealhada.

A alteração aprovada consiste principalmente na previsão, na Tabela de Taxas, das taxas devidas pelos novos procedimentos no âmbito da iniciativa designada "Licenciamento Zero", cujo regime jurídico foi aprovado pelo Decreto-Lei n.º 48/2011, de 1 de Abril, ou seja, a mera comunicação prévia e a comunicação prévia com prazo:

  • No âmbito da ocupação do espaço público (Secção II do Quadro II da Tabela de Taxas);
  • No que respeita à instalação, modificação e encerramento de estabelecimentos, Quadro XI da Tabela de Taxas).


Procedeu-se à eliminação das menções, na alínea a) do n.º 2 do artigo 5.º do Regulamento, à licença de condução de veículos agrícolas, cuja emissão passou a ser, já há algum tempo, da competência do IMTT; na alínea d), da licença para atividade de venda ambulante, que recentemente deixou de ser emitida pelas Câmaras Municipais, na sequência da publicação Lei n.º 27/2013, de 12 de Abril; na alínea k) da licença para o exercício da atividade de exploração de máquinas de diversão, porquanto com a publicação do Decreto-Lei n.º 204/2012, de 29 de Agosto, deixou de ser exigida tal licença, mantendo-se apenas a obrigatoriedade de registo da máquina no balcão único eletrónico dos serviços; nas alíneas m) e o), da licença para o exercício da atividade de agências de venda de bilhetes para espetáculos públicos e da licença para o exercício da atividade de realização de leilões, respetivamente; e na alínea d) do n.º 4 do citado artigo 5.º, do fornecimento e autenticação do mapa de horário de funcionamento de estabelecimento, uma vez que estas duas últimas licenças e formalidade quanto ao mapa, foram abolidas com a publicação do Decreto-Lei n.º 48/2011.

No n.º 1 do artigo 16.º, sob a epígrafe "Local e forma de pagamento", aditou-se a alínea c), no sentido de prever o pagamento automático das taxas no "Balcão do empreendedor".

Não se justificando a referência apenas ao bilhete de identidade no n.º 3 do artigo 23.º, passou a mencionar-se igualmente o cartão do cidadão, como meio de identificação. Deu-se nova redação ao artigo 28.º, nele se passando a regular não só a publicidade, mas também a ocupação do espaço público. Aditou-se o artigo 29.º, no sentido de prever o regime a que passam a estar sujeitas a instalação e modificação de estabelecimentos de restauração ou de bebidas, de comércio de bens, de prestação de serviços e de armazenagem, incluindo secções acessórias, na sequência da publicação do Decreto-Lei n.º 48/2011, de 1 de Abril.

Em obediência ao disposto na alínea c) do n.º 2 do artigo 8.º da Lei n.º 53-E/2006, de 29 de Dezembro, que aprovou o regime geral das taxas das autarquias locais, a Divisão Financeira desenvolveu o trabalho de fundamentação económico-financeira das taxas criadas, que consta do Anexo II ao Regulamento e Tabela de Taxas do Município da Mealhada, e deve ser objeto de publicitação na página electrónica do Município em cumprimento do que dispõe o artigo 13.º da mencionada lei.

A presente proposta de alteração é elaborada em execução do Decreto-Lei n.º 48/2011, de 1 de Abril e dos outros diplomas legais a que atrás se fez referência, bem como das disposições conjugadas do artigo 53.º, n.º 2, alíneas a), e) e h) e do artigo 64.º, n.º 6, alínea a), da Lei n.º 169/99, de 18 de Setembro, na redação que lhe foi dada pela Lei n.º 5-A/2002, de 11 de Janeiro, e ainda, da Lei n.º 53-E/2006, de 29 de Dezembro, que aprovou o regime geral das taxas das autarquias locais.

A alteração agora proposta entra em vigor após a devida publicitação nos termos legais, devendo considerar-se revogadas todas as disposições em contrário, nomeadamente as que constam do artigo 105.º do Regulamento Municipal da Urbanização e Edificação e os pontos 6 e 7 do Quadro I da Tabela de Taxas constante do Anexo I do mesmo regulamento.



Para poder visualizar os ficheiros PDF necessita do Adobe Reader. Ficheiros PDF necessita do Adobe Reader


Notícias Relacionadas



Mealhada quer melhorar gestão de resíduos
02 abril, 2019

Mealhada quer melhorar gestão de resíduos

A Câmara Municipal da Mealhada quer melhorar a gestão de resíduos e, para tal, vai desenvolver um programa de sensibilização para as boas práticas ...