Voz do Munícipe

Porque há insuficiências, por vezes, na iluminação pública um pouco por todo o Município?

Carlos Pereira, Mealhada

A Câmara Municipal só paga a energia gasta em iluminação pública. Não tem mais nenhuma competência. Nós não podemos mudar uma lâmpada numa luminária que esteja fundida. Temos que pedir à EDP para o fazer. O que acontece é que a EDP deixou de ter serviços de proximidade, como toda a gente sabe. A EDP optou por deixar de ter serviços de proximidade com os municípios e fez um levantamento com georreferenciação de toda a rede que possui. Quando existe uma queixa, o que acontece é que a EDP manda um sub-empreiteiro substituir a lâmpada ou reparar a avaria. Na teoria, a EDP tem 24 horas para fazer a reparação, mas, muitas vezes, o que acontece é que nos queixamos amargamente que falta iluminação nesta ou naquela rua e as reparações tardam e voltam a retardar. O que aconselho a todos os munícipes é fazerem o que nós fazemos na Autarquia. Queixarem-se diretamente à EDP.  O que aconselho é: falhou a iluminação pública, liguem de imediato para a EDP até porque o número é grátis – 800 506 506. As faturas têm a georreferenciação do local, por isso a EDP identifica imediatamente o local. É preciso que as pessoas percebam, de uma vez por todas, que a Câmara Municipal não pode mudar uma lâmpada. Não pode, está impedida por lei.

O presidente da Câmara, Rui Marqueiro