Ir para o conteúdo principal

"Linhas de Wellington" em exibição no Cineteatro Municipal Messias

30 outubro, 2012

O filme “Linhas de Wellington”, que tem como pano de fundo o 27 de setembro de 1810 e a derrota das tropas francesas do marechal Massena pelo exército anglo-português do general Wellington na Serra do Bussaco, vai estar em exibição no Cineteatro Municipal Messias nos dias 3, 4 e 5 de novembro. Uma história bem conhecida de todos os mealhadenses, que chega ao grande ecrã pela mão de Valeria Sarmiento, e conta com grandes nomes nacionais e internacionais no elenco, entre eles o do norte-americano John Malkovich, da francesa Catherine Deneuve ou dos portugueses Adriano Luz, Nuno Lopes e Soraia Chaves.

Depois da vitória sobre as tropas francesas do marechal Massena na Serra do Bussaco, o exército anglo-português do general Wellington só tem um objetivo: retirar-se perante as forças do inimigo, numericamente superior, para o atrair a Torres Vedras, onde Wellington mandou construir linhas fortificadas dificilmente transponíveis. Ao mesmo tempo, as tropas anglo-portugueses evacuam todo o território que vai do campo de batalha às linhas de Torres Vedras, queimando campo e posses, impedindo os franceses de qualquer aprovisionamento.

E é este o pano de fundo da história, assinada pelo argumentista Carlos Saboga. Uma história que começa numa data inesquecível para todos os portugueses, que ainda hoje é assinalada pelos mealhadenses, o 27 de setembro de 1810, num local que também hoje ganhou outra dinâmica, é visitado por imensos turistas e considerada uma das mais belas paisagens naturais de Portugal: o Bussaco.

é lá que as personagens, de todas as condições sociais, se cruzam. Soldados e civis; homens, mulheres e crianças; jovens e velhos, todos arrancados à rotina quotidiana pela guerra e lançados por montes e vales, entre povoações em ruína, florestas calcinadas, culturas devastadas. Uma massa de foragidos, perseguida sem dó nem piedade pelos franceses, atormentada por um clima inclemente, que continua a avançar e a resistir aos invasores pelos mais diversos motivos. Todos, quaisquer que sejam o seu caráter e as suas motivações – do jovem tenente idealista Pedro de Alencar (Carloto Cotta), passando pela maliciosa inglesinha Clarissa Warren (Victória Guerra), ou pelo sombrio traficante Pena Branca (Miguel Borges), até ao vindicativo sargento Francisco Xavier (Nuno Lopes) e à exuberante vivandeira Martírio (Soraia Chaves) -, convergem por diferentes caminhos para as linhas de Torres, onde o combate final deve decidir do destino de cada um.

Um filme a não perder, que vai estar em exibição no Cineteatro Municipal Messias nos dias 3, 4 e 5 de novembro. Para mais informações contatar: 231 209 870 e 231 200 980.

Ficha técnica:
As Linhas de Wellington
As Linhas de Wellington, de Valeria Sarmiento, com Nuno Lopes, Carloto Cota, John Malkovic, Marisa Paredes, Miguel Borges, Marcelo Urgeghe, Soraia Chaves, Mathieu Almaric, Catherine Deneuve, Michel Picolli, Isabelle Huppert. Argumento de Carlos Saboga. 151 minutos.

(2012-10-30) - Press Release







Notícias Relacionadas



Bosque Madiba será criado no Bussaco
19 junho, 2019

Bosque Madiba será criado no Bussaco

A Câmara da Mealhada aprovou, em reunião de Executivo Municipal, o protocolo de cooperação entre a Associação Patrulheiros e a Fundação Mata do Bussaco ...