Ir para o conteúdo principal

Novo Presidente da Fundação Mata do Buçaco deverá ser anunciado nos prÓximos dias

21 agosto, 2014

Novo Presidente da Fundação Mata do Buçaco deverá ser anunciado nos prÓximos dias

A Câmara Municipal da Mealhada reuniu ontem, dia 20 de agosto, em sessão extraordinária, nos Paços do Concelho, para debater sobre a nomeação do novo presidente do Conselho Diretivo da Fundação Mata do Buçaco (FMB). Por proposta dos vereadores da coligação "Juntos pelo Concelho da Mealhada" e consenso do executivo camarário, apenas foi feita uma reflexão e debate de opiniões acerca do perfil ideal do futuro presidente da fundação, bem como, dos requisitos que o mesmo deverá cumprir.

A reunião teve início cerca das 17 horas, nos Paços do Concelho, e, serviu, para refletir acerca do perfil do próximo Presidente da FMB. A proposta dos vereadores da coligação encontrou eco nas aspirações da edilidade, tendo Rui Marqueiro, informado os presentes, já ter "alguns nomes em perspetiva mas nenhum em concreto", salientando "não ser fácil encontrar em pouco tempo um nome à altura", capaz de gerir os recursos humanos e naturais disponíveis, e que "congregue em si todos os requisitos exigíveis para o efeito". O Presidente da Câmara salientou também, que "o nome escolhido não necessita ser alguém proveniente do setor empresarial privado", podendo o mesmo ser "recrutado no setor empresarial público do Estado".

Durante a sessão foram debatidos alguns assuntos importantes sobre a gestão da mata. Gonçalo Louzada, vereador da coligação, referiu que o próximo presidente da Fundação "deve possuir conhecimentos botânicos profundos sobre manutenção e preservação da mata, além de um espírito de iniciativa que indicie uma forte aposta na promoção do turismo. É, sem dúvida, necessário que seja alguém com experiência e maturidade, capaz de pôr ordem na casa", referiu. Por seu lado, João Seabra, vereador da mesma coligação, afirmou que o Buçaco não pode perder mais tempo, considerando ser: "essencial que o foco esteja direcionado para a riqueza natural da mata. O nomeado para a função deve ser um profissional que ataque o património "verde" do Buçaco mesmo antes do edificado e sem perder mais tempo", concluiu.

O Presidente da Câmara identificou ainda, o turismo, a captação de novos fundos comunitários, a melhoria das condições dos termos do Projeto Bright LIFE, e a questão do Palace Hotel do Buçaco, como pontos-chave para o futuro da mata do Buçaco.

Recorde-se ainda, que a necessidade da reunião surgiu no seguimento da renúncia ao cargo, pelo professor Fernando Correia, no passado dia 11 de agosto.

(2014-08-21) - Press Release







Notícias Relacionadas



Executivo aprova proteção azulejar
09 fevereiro, 2018

Executivo aprova proteção azulejar

A Câmara da Mealhada aprovou, por unanimidade, na última reunião de Executivo Municipal, proteger o património azulejar no município. A questão das ...

Executivo aprova 12 mil euros de apoios
09 fevereiro, 2018

Executivo aprova 12 mil euros de apoios

A Câmara da Mealhada aprovou, por unanimidade, na última reunião de Executivo Municipal, apoios à Associação dos Serviços Sociais, Culturais e ...