Ir para o conteúdo principal

Aviso à população - Precipitação, Trovoada e Vento Forte

18 setembro, 2014

Aviso à população - Precipitação, Trovoada e Vento Forte
No seguimento de informação atualizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, mantêm-se as condições de instabilidade que têm afetado o territÓrio nacional, prevendo-se para as prÓximas 24h: aguaceiros pontuais e localmente fortes (> 20mm/h), acompanhados da queda de granizo, especialmente em todos os distritos do litoral e, gradualmente, de Norte para Sul ao longo do dia de hoje; vento forte no litoral e nas terras altas, com rajadas que podem chegar, respetivamente, aos 65 Km/h e 80Km/h (havendo a possibilidade de ocorrência de fenÓmenos extremos); ondulação de sudoeste até 2,5 m na costa Sul e 3 m na costa ocidental, onde poderão ocorrer picos até 5 m.

Efeitos esperados
Face à situação acima descrita, poderão ocorrer os seguintes efeitos:
  • Piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençÓis de água;
  • Possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem;
  • Possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis;
  • Inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem;
  • Danos em estruturas montadas ou suspensas.


Medida Preventivas
A Autoridade Nacional de Proteção Civil recorda que o eventual impacto destes efeitos pode ser minimizado, sobretudo através da adoção de comportamentos adequados, pelo que, e em particular nas zonas historicamente mais vulneráveis, se recomenda a observação e divulgação das principais medidas de autoproteção para estas situações, nomeadamente:
  • Garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objetos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas;
  • Adotar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível formação de lençÓis de água nas vias;
  • Não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas;
  • Garantir uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas;
  • Ter especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atenta para a possibilidade de queda de ramos ou árvores, em virtude de vento mais forte;
  • Estar atenta às informações da meteorologia e às indicações da Proteção Civil e Forças de Segurança.






Notícias Relacionadas



Aviso à população
06 julho, 2020

Aviso à população

Foi desativado, hoje, o Plano Municipal de Emergência de Proteção Civil da Mealhada que havia sido ativado, por causa da pandemia da COVID-19, no ...