Ir para o conteúdo principal

Centro de interpretação Ambiental promove Semana Autóctone

23 novembro, 2015

Centro de interpretação Ambiental promove Semana Autóctone

Para celebrar o Dia da Floresta Autóctone, o Centro de Interpretação Ambiental (CIA) da Mealhada vai promover, desde o dia da efeméride, 23 de novembro, até dia 27 de novembro, um conjunto de atividades de educação ambiental e percursos de descoberta de espécies autóctones no Parque da Cidade. A iniciativa chama-se "Porque o que é nosso é autóctone, vamos preservar" e é dirigida à comunidade escolar e às Instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho e prevê um programa de atividades gratuitas para todos os dias úteis dessa semana. As inscrições são, contudo, obrigatórias e devem ser efetuadas através de e-mail centroambiental@cm-mealhada.pt, ou do número de telefone 231 200 980.

Programa:

23 a 27 de novembro| Todos os dias

9h|11h - "Colher para semear e semear para colher"
Leitura da história "Jaime e as bolotas" de Tim Bowley, percurso pelo Parque da Cidade para recolha de bolotas e posterior sementeira em vasos ecológicos.
Atividade dirigida ao pré-escolar.

11h| 12h30 - "Autóctones contra Invasoras"
Jogos de sensibilização para a importância de espécies autóctones na floresta portuguesa. Percurso  para identificação de espécies autóctones e invasoras, e plantação de uma espécie autóctone no Parque da Cidade.
Atividade dirigida ao 1º e 2º ciclo.

14h| 16h Peddy-paper autóctone
Atividade lúdica que consiste num percurso pelo Parque da Cidade, ao qual estão associadas perguntas e tarefas ligadas à aquisição de conhecimentos sobre a floresta.
Atividade dirigida ao 3º ciclo e ensino secundário

 

Inscrições:
Nº máximo de participantes: 25
Inscrição: centroambiental@cm-mealhada.pt ou 231200980
A inscrição deve conter as seguintes informações: Identificação da entidade; pessoa responsável pela marcação e respetivo contato; data e horário pretendido; atividade(s) a solicitar e nº de participantes e escalão etário.

+ info
Centro de Interpretação Ambiental

O Centro de Interpretação Ambiental é um espaço lúdico e educativo, equipado com modernos meios audiovisuais e preparado para realizar as mais diversas atividades pedagógicas, localizado no Parque da Cidade. Um espaço destinado a toda a comunidade, mas que terá uma especial importância para os alunos do concelho. O espaço funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 17h, e oferece as mais variadas atividades, dirigidas a todas as camadas da população, sendo apenas necessária uma inscrição prévia com quinze dias de antecedência. A dinamização do espaço está a cargo da engenheira ambiental, Lídia Dias. A sua gestão resulta de uma parceria entre a Câmara Municipal da Mealhada e a Fundação Mata do Buçaco.

O CIA tem como missão informar e sensibilizar os cidadãos para a problemática ambiental, promovendo a mudança de comportamentos e de atitudes, para que toda a comunidade saiba lidar com os desafios do desenvolvimento sustentável. As atividades promovidas no espaço têm, pois, como objetivos: despertar a curiosidade para o conhecimento e compreensão do meio natural que nos rodeia; interiorizar atitudes e valores respeitantes à sociedade de consumo e estimular o desenvolvimento de atitudes responsáveis com a preservação dos recursos naturais; contribuir para a formação de uma cidadania ambientalmente mais consciente e informada; dar a conhecer o património natural, sensibilizando para a valorização e preservação dos recursos naturais do concelho de Mealhada e da região; desenvolver a cooperação de alunos e professores em causas ambientais, construindo alicerces para uma sociedade ecologicamente saudável.

(2015-10-30) - Press Release







Notícias Relacionadas



Autarquia e IPSS reúnem para pensar o futuro
18 novembro, 2019

Autarquia e IPSS reúnem para pensar o futuro

A Câmara Municipal da Mealhada promoveu um jantar de reunião com responsáveis das 15 instituições Particulares de Solidariedade Social do concelho para ...