Ir para o conteúdo principal

Centro de Interpretação Ambiental participa em seminário nacional do projeto Eco-escolas

26 janeiro, 2017

Centro de Interpretação Ambiental participa em seminário nacional do projeto Eco-escolas

O Centro de Interpretação Ambiental (CIA) da Mealhada integrou o painel "Educação para o Desenvolvimento Sustentável em Municípios Parceiros no Eco-Escolas" no Seminário Nacional Eco-escolas 2017 da  Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE).

O Centro de Interpretação Ambiental da Mealhada escolheu o tema "Sensibilizar e (In)formar" para, de uma forma geral, dar a conhecer o trabalho desenvolvido neste espaço junto de vários públicos, desde as crianças do pré-escolar à terceira idade.

Lídia Dias, responsável pelo CIA, mencionou as diversas atividades - criativas e pedagógicas - desenvolvidas ao longo deste primeiro ano de atividade, desde jogos, a oficinas, conferências,  sessões de sensibilização ou percursos de descoberta da natureza, cujos  temas principais são a água, a floresta, o reino animal, os resíduos, a horta e jardinagem, o ambiente e a natureza no seu todo. Explicou ainda o apoio do CIA em projetos como o Eco-Escolas e a candidatura a Eco-Freguesias por parte do Luso e União de Freguesias de Mealhada, Ventosa do Bairro e Antes.

O CIA recebeu, no primeiro ano de funcionamento, mais de 3500 pessoas, desde crianças do pré-escolar a alunos do primeiro e segundo ciclos, de alunos do secundário a adultos e idosos. E não só do concelho da Mealhada, como dos vizinhos Anadia, Coimbra e Águeda, e de outros mais distantes como Arganil, Espinho e Gondomar.

Inaugurado em outubro de 2015, o CIA é um espaço lúdico e educativo, equipado com modernos meios audiovisuais e preparado para realizar as mais diversas atividades pedagógicas. É um espaço aberto a toda a comunidade, mas com especial relevância para as crianças e jovens. Situado junto ao Parque da Cidade da Mealhada, tira partido deste espaço verde e vice-versa, proporcionando inclusive atividades diárias, como o peddy-paper, a quem por ali passe, sem necessidade de marcação prévia.

O Seminário Nacional Eco-Escolas 2017, que se realizou em Ílhavo, esta semana, reuniu cerca de 400 representantes da área de todo o país, desde professores, técnicos e outros profissionais ligados à educação ambiental. Perante um painel de excelentes comunicações, destacaram-se as intervenções do Secretário de Estado da Educação, João Costa,  do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e do presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Francisco Teixeira.

Os principais objetivos do encontro passaram por reunir os professores coordenadores do Programa Eco-Escolas e os técnicos dos municípios envolvidos na educação ambiental, por forma a incentivar a comunicação, possibilitar uma partilha de objetivos comuns e a troca de experiências; divulgar novos projetos e iniciativas relativas ao Eco-Escolas 2016/2017.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 01 janeiro 2018






Notícias Relacionadas



Alerta Lítio – Contra a Extração e Mineração
05 julho, 2019

Alerta Lítio – Contra a Extração e ...

A Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza tem vindo a acompanhar, com grande preocupação, toda a problemática associada à prospeção e ...