Ir para o conteúdo principal

Gripe aviária H5N8 confirmada no Algarve

06 fevereiro, 2017

Gripe aviária H5N8 confirmada no Algarve

Segundo informação da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária à Câmara Municipal da Mealhada, foi confirmada a 31-01-2017, pelo Laboratório Nacional de Referência (INIAV, I.P.), a deteção do vírus de Gripe Aviária de Alta Patogenicidade (serotipo H5N8) numa garça-real selvagem (Ardea cinerea), colhida morta no passado dia 27-01-2017 em Ludo, Almancil-Loulé, na região do Algarve.

A ave foi recolhida na sequência da vigilância passiva em aves selvagens no âmbito do Programa de Vigilância da Gripe Aviária.

Os serviços veterinários da DGAV aplicaram de imediato as medidas previstas no Decreto-Lei n.º 110/2007 de 16 de Abril que transpõe para a ordem jurídica interna a Diretiva n.º 2005/94/CE do Conselho, de 20 de Dezembro, relativa a medidas comunitárias de luta contra gripe aviária, que resumidamente são as seguintes:

- Implementação de uma zona de restrição, nas freguesias de Almancil e Montenegro, onde são proibidas movimentações de aves sem autorização da DGAV, durante 21 dias a partir da data da confirmação;

- Visita pela DGAV a todas as explorações da zona de restrição para recenseamento, Realização de exame clínico às aves presentes e eventual colheita de amostras.

Na sequência desta ocorrência foi publicado o Aviso nº12 - Gripe Aviária (pdf abaixo) dando conta das medidas de biossegurança e de vigilância a implementar nas explorações avícolas.

Ficheiro Tamanho Data Publicação
 Aviso nº12 - Gripe Aviária 179KB 06|fev 2017

 






Tags


gripe aviso saúde 



Notícias Relacionadas



Alerta Lítio – Contra a Extração e Mineração
05 julho, 2019

Alerta Lítio – Contra a Extração e ...

A Quercus - Associação Nacional de Conservação da Natureza tem vindo a acompanhar, com grande preocupação, toda a problemática associada à prospeção e ...