Ir para o conteúdo principal

Arquivo Municipal da Mealhada disponibiliza fundo de imagens online

28 fevereiro, 2019

Arquivo Municipal da Mealhada disponibiliza fundo de imagens online

A Câmara Municipal da Mealhada disponibiliza, desde ontem, um arquivo online de fotografias, a maioria das quais relativas à Mealhada antiga, fruto da doação de José Branquinho de Carvalho ao Arquivo Municipal da Mealhada.

Já estão disponíveis ao público (em arquivo.cm-mealhada.pt) cerca de 200 fotografias devidamente legendadas, pertencentes ao Fundo Branquinho de Carvalho. No Arquivo Municipal, existem mais de 13 mil imagens digitalizadas e que serão, progressivamente, contextualizadas e disponibilizadas nesta nova plataforma. "A ideia é a de que o cidadão não tenha que se deslocar fisicamente ao Arquivo para estudar ou trabalhar sobre uma imagem", explicou Nuno Canilho, vereador da Cultura da Mealhada, aquando da apresentação pública desta nova plataforma, no âmbito das comemorações dos 350 anos da primeira ilustração da Mealhada.

A ilustração é da autoria do pintor florentino Pier Mari Baldi, um famoso ilustrador da corte do Cosme III de Médicis, o penúltimo Grão-Duque da Toscana, que acompanhou a comitiva do Grão-Duque numa viagem entre Portugal e Espanha. Pier Mari Baldi desenhou 9 ilustrações de Portugal, sendo uma delas uma panorâmica da Mealhada, desenhada a 24 de fevereiro de 1669, com a legenda de Lorenzo Magalotti, secretário de Cosme III e responsável pelo registo rigoroso da viagem, que escreveu: "foi-se almoçar à Mealhada, burgo de 50 casas".

As comemorações, que se iniciaram, no passado domingo, com a presença e o retratar da cidade por vários elementos do movimento "Urban Scketchers", prosseguiram, ontem, com uma palestra em António Breda Carvalho e José Branquinho de Carvalho, escritor e historiador, respetivamente, explicaram a origem e o conhecimento desta imagem que data de 24 de fevereiro de 1669.

A imagem, uma ilustração feita a carvão, "do burgo da Mealhada", foi trazida a público por Adelino Melo, jornalista do concelho, autor do jornal "Bairrada Elegante", no livro "Da minha carteira". Na obra, Adelino Melo explica que o conhecimento da ilustração lhe chegou através do Arquivo da Universidade de Coimbra e que a mesma constou, inclusive, de um livro acerca viagem de Cosme de Médicis, editado pelo Centro de Estudos Históricos de Madrid.

O espólio de Branquinho de Carvalho deu origem também à exposição comemorativa dos 350 anos "Mealhada 016. Metamorphosis da imagem urbana", uma exposição coletiva coordenada pela fotógrafa profissional Cristina Casotto, que explora as mudanças urbanas e arquitetónicas da cidade da Mealhada através da utilização de fotografias de várias épocas, combinando o passado e o presente da mesma rua, da mesma praça, do mesmo edifício.  A mostra estará patente até 31 de março, na Biblioteca Municipal da Mealhada.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 28 fevereiro 2019






Notícias Relacionadas



Quinze Dj's em dez noites da FESTAME 2019
14 maio, 2019

Quinze Dj's em dez noites da FESTAME 2019

A edição de 2019 da FESTAME - Feira do Município da Mealhada vai contar com a presença de 15 disc jockey (dj) nos dez dias do certame (7 a 16 de ...

Desfile solidário "Social Moda" une solidariedade e comércio local
13 maio, 2019

Desfile solidário "Social Moda" une soli

O Social Moda volta a encher o Cineteatro Messias, na Mealhada, dia 24 de maio, pelas 21h, com manequins tão inesperados quanto inspiradores: utentes ...