Ir para o conteúdo principal

Atitude Agora (A2) aposta no desporto para alterar positivamente a vida das pessoas

17 dezembro, 2019

Atitude Agora (A2) aposta no desporto para alterar positivamente a vida das pessoas

A Câmara da Mealhada apresentou, hoje, no Espaço Inovação Mealhada, o Atitude Agora (A2) – Desporto sem fronteiras, um projeto que procura "usar" o desporto como incentivo à criação de projetos de vida saudáveis. Autarquia, empresas, pessoas individuais e instituições estão unidas para intervir de forma positiva na vida das pessoas através da atividade física. Luís Castro, treinador português do FC Shakhtar Donetsk (Ucrânia), esteve presente e apadrinha o evento.

O Município da Mealhada dispõe de técnicos e de infraestruturas desportivas; as empresas dispõem de meios financeiros para apoiar quem precisa; e as instituições podem estar dos dois lados: a apoiar e a necessitar. E será através do desporto que todas estas comunidades se interligam e relacionam numa lógica de "Desporto sem fronteiras".

Neste projeto – A2 – o desporto é a ferramenta escolhida para intervir na vida das pessoas, facilitando-lhes caminhos e escolhas. Através da atividade física – do futebol à natação, do hóquei ao karaté – procuram criar-se sinergias que potenciem projetos de vida saudáveis em termos físicos, psicológicos e sociais. E o destinatário não podia ser mais abrangente: é a criança da família desfavorecida que já é acompanhada em termos sociais e que, pelo desporto, consegue integrar-se e enriquecer a sua vida social; mas é também a comunidade em geral: o jovem cuja família não suporta, economicamente, mais uma atividade; o idoso que, associado ou de forma individual, pode, com o desporto, melhorar a sua qualidade de vida, é a instituição que consegue também melhorar o dia a dia dos seus utentes.

Do outro lado estão as empresas concelhias que adotam uma visão de responsabilidade social e que, desta forma, dão um pequeno contributo para a sociedade, mas fazem uma enorme diferença na vida das pessoas ao viabilizarem a inscrição, o equipamento ou o transporte para a atividade escolhida para cada uma das pessoas que integrarem o projeto.

Luís Castro, treinador de futebol do Shakhtar Donetsk, esteve presente na apresentação do projeto, que apadrinha, e garante que fará um acompanhamento do mesmo. Apesar de ausente do país, sempre que possível, o treinador faz questão de contactar com os beneficiários do projeto, partilhar a sua visão do desporto, incentivar e motivar. "Este projeto tem a capacidade de apoiar todos os munícipes, de forma transversal, não só os desfavorecidos economicamente como os que estejam com problemas mentais e outros tipos de questões e proporcionar-lhe, através, do Desporto, uma vivência mais feliz", referiu.

A atividade física é um bem social com uma expressão relevante no nosso concelho. Promove a coesão e a consolidação da cidadania, assumindo um papel primordial no processo de socialização e desenvolvimento de todos nós enquanto cidadãos. É com este enquadramento que a Autarquia implementará e coordenará o projeto, em diálogo com cada uma das empresas parceiras, definindo, em conjunto, os termos do seu contributo. Os técnicos da Câmara Municipal farão a ponte entre o beneficiário e a comunidade, sejam as empresas, as escolas, as entidades sociais e de saúde que encaminham os participantes, sejam as associações desportivas que os irão acolher.

O projeto, enquadrado na Divisão de Desporto e Educação, inicia com a parceria da empresa Transportes Rama, que apoiará atletas / desportistas do concelho da Mealhada com baixos rendimentos ou dificuldades económicas permanentes ou temporárias, entre os 6 e os 18 anos de idade. Luís Oliveira, sócio gerente da empresa, referiu que, no contexto de empresa e mercado de trabalho, se notam diferenças entre profissionais que praticaram desporto e os que o não fizeram, sublinhando que o desporto deveria ser acessível a todas as crianças e jovens. "Queremos permitir que classes sociais mais desfavorecidas consigam praticar desporto e Consideramos que cabe também às empresas este papel de dinamizador social através do desporto", referiu o empresário.

Rui Marqueiro, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, convida outras empresas a seguirem este exemplo. "Acreditamos que este projeto pode realmente fazer a diferença na vida de tantas famílias. E é com enorme prazer que vemos empresas do nosso município que não descuram a responsabilidade social e, pelo contrário, dão de si à comunidade e estão de mãos dadas com a Autarquia. Não é muito comum vermos, no nosso país, esta ligação que aqui se verifica entre autarquia e empresas em diversos setores, da cultura ao desporto ou área social", sublinha o autarca, convidando outras empresas aderirem ao A2.

A Inscrição no projeto poderá ser efetuada através da ficha de encaminhamento que se encontra no site da Câmara Municipal Mealhada ou presencialmente nas Piscinas Municipais da Mealhada, às quartas-feiras, das 9h às 17h, dia de atendimento do projeto.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 17 dezembro 2019






Notícias Relacionadas



Câmara aprova 198 mil euros de apoios a associações culturais, juvenis e desportivas
29 julho, 2020

Câmara aprova 198 mil euros de apoios a ...

A Câmara da Mealhada aprovou, na última reunião de Executivo Municipal, um apoio de 198 mil euros distribuídos por 66 associações que se candidataram ...