Ir para o conteúdo principal

Município em destaque pelas boas contas

14 agosto, 2017

Município em destaque pelas boas contas

O Município da Mealhada volta a destacar-se no Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses pela saúde das suas contas. Tal como o ano passado, está em primeiro lugar nos rankings relativos ao menor índice de dívida total e menor passivo por habitante no universo dos 308 municípios portugueses. E figura em segundo lugar no ranking global de municípios de média dimensão.

Os dados do Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses espelham a boa saúde financeira do município da Mealhada no que se refere às contas de 2016, com significativa melhoria relativamente às de 2015, ano que o município já havia sido bem classificado na generalidade.

No anuário relativo às contas de 2016, a Mealhada figura no segundo lugar no ranking global dos municípios de média dimensão, no que respeita à boa saúde financeira, (em 2015 aparecia em 9º lugar), com igual posição no contexto do distrito de Aveiro (em 2015 estava na terceira posição). Tal como já acontecia desde 2014, lidera os municípios portugueses no que respeita ao índice de dívida total e figura também em primeiro lugar como o município com menor passivo por habitante, com 50,40 €, quando a média nacional é de 654€de passivo por habitante.

O município aparece ainda em posições destacadas noutros indicadores, como o "Grau de execução do saldo efetivo na ótica dos compromissos", em que está na 8ª posição, sendo o primeiro do distrito de Aveiro e também o primeiro no enquadramento da CIM - Região de Coimbra. Relativamente ao "Melhor grau de execução de despesa relativamente aos compromissos assumidos" consegue um 9º lugar, liderando também os distritos de Aveiro e Coimbra, e figura em 20º lugar nos "Municípios com maior equilíbrio orçamental" no universo dos 308 municípios portugueses.

Uma avaliação que faz da Mealhada um município eficiente no uso dos recursos públicos e torna-o atrativo para viver ou investir.

O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses apresenta uma análise económica e financeira das contas dos municípios relativas ao exercício económicos de 2016, contando, para tal, com a colaboração do Tribunal de Contas. O Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses resulta de um trabalho em equipa que envolve atualmente dois centros de investigação onde estão integrados os autores: o Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade (CICF) do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) e o Centro de Investigação em Ciência Política (CICP) da Universidade do Minho.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 01 agosto 2018






Notícias Relacionadas



Câmara aprova prolongamento de medidas excecionais de apoio à restauração e ao comércio
22 dezembro, 2021

Câmara aprova prolongamento de medidas ...

A Câmara da Mealhada aprovou, a título excecional, o exercício da atividade não sedentária de restauração ou de bebidas no concelho. Esta medida é ...