Ir para o conteúdo principal

Programa de saúde escolar percorre jardins-de-infância e escolas do Município

01 março, 2018

Programa de saúde escolar percorre jardins-de-infância e escolas do Município

Já está no terreno o projeto de saúde escolar que permite detetar precocemente desvios auditivos e oftalmológicos. O programa, que atualmente abrange o ensino pré-escolar e primeiro ciclo, será alargado aos 2.º e 3.º ciclos e secundário da rede pública, com benefício para cerca de dois mil alunos.

Nesta primeira fase, são cerca de 900 as crianças do ensino pré-escolar e primeiro ciclo que estão a ser observadas nas escolas e jardins de infância da rede pública. A equipa do Hospital da Misericórdia da Mealhada (HMM), composta por um audiologista e um oftalmologista, faz o diagnóstico, procede aos exames e, sempre que o diagnóstico revela algum desvio de visão ou audição, os encarregados de educação, juntamente com o relatório, recebem indicações para darem continuidade à situação identificada junto do seu médico de família ou de outro clínico.

Com os rastreios feitos na Mealhada, Luso, Carqueijo, Quinta do Valongo e Canedo, foram já algumas as situações detetadas, sendo em maior número as relacionadas com a visão. Numa segunda fase, que se espera que ocorra ainda no decorrer deste ano letivo, o programa será alargado aos restantes níveis de ensino da rede pública, abrangendo dois mil alunos.

Este programa de saúde escolar nasce de um protocolo entre a Câmara Municipal da Mealhada e o Hospital da Misericórdia que inclui o rastreio e acompanhamento de potenciais doentes cardio e cérebro vasculares através da deslocação da Unidade Móvel de Saúde do HMM às freguesias. Esta unidade está equipada para prestar cuidados de saúde primários, na área clínica, de enfermagem e de fisioterapia e no apoio domiciliário. A saúde escolar foi uma das áreas que a Autarquia sinalizou como prioritária.

A Câmara Municipal assegura a maior parte do financiamento do projeto (cerca de 42 mil euros anuais), cabendo às freguesias uma componente, num total de cerca de 8 mil euros.

Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, sublinha que "este é um projeto de medicina preventiva muito abrangente e com a vantagem de serem os profissionais de saúde a irem ao encontro das populações".

Press - Ficheiro PDF Press Release - 01 março 2018






Notícias Relacionadas



"Rally Legends" traz ao Luso e Bussaco lendas dos ralis de toda a europa
03 novembro, 2021

"Rally Legends" traz ao Luso e Bussaco l

A quinta edição do Rally Legends, que se realiza dias 5, 6 e 7 de novembro, no Luso e Bussaco (concelho da Mealhada) vai ser a maior de sempre. Pelas ...