Ir para o conteúdo principal

Câmara reforça apoio às IPSS e medidas de combate à Covid-19

16 dezembro, 2020

Câmara reforça apoio às IPSS e medidas de combate à Covid-19

A Câmara da Mealhada vai distribuir novos equipamentos de proteção individual (EPI) a todos os funcionários das instituições particulares de solidariedade social (IPSS) do concelho, promover uma nova campanha de informação e sensibilização junto de toda a população e aumentar o número de testes Covid-19, anunciou, na última reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil, o presidente da Autarquia, Rui Marqueiro.

As medidas vêm juntar-se à política adotada pelo município de reforço do apoio financeiro às IPSS do concelho, para ajudar a suportar os custos de combate à Covid-19. Recorde-se que a autarquia aprovou, na última reunião do Executivo, a atribuição de um subsídio de 122 mil euros, a segunda tranche de uma verba global extraordinária de 200 mil euros.

A campanha de informação e sensibilização para os procedimentos a adotar para prevenir contágios vai arrancar esta semana, com a distribuição massiva de panfletos por todo o concelho. Já a aquisição de EPI para IPSS, bombeiros, forças de segurança, entre outras entidades, está prevista para o final deste ano, o mais tardar princípio de 2021.

Vai continuar a política de testagem da população concelhia, que tem sido efetuada de acordo com as indicações das autoridades de saúde, tendo Rui Marqueiro informado que a Câmara tem disponíveis packs de testes, prontos a serem utilizados consoante as necessidades. "O município fará tudo o que estiver ao seu alcance para responder às solicitações que possam surgir", garantiu o autarca, sublinhando, perante as preocupações apresentadas pelos representantes das IPSS presentes na reunião da Comissão Municipal de Proteção Civil, a necessidade de evitar o pânico e apelando ao equilíbrio e bom senso.

A confeção e distribuição das refeições aos utentes das IPSS, em caso de possíveis focos de infeção que determinem o encerramento de cozinhas, também estará salvaguardada com a centralização da sua preparação no Centro Escolar da Mealhada.

"Temos de ter esperança e acreditar que a ciência vai vencer", sublinhou Rui Marqueiro, manifestando "total disponibilidade do município para colaborar na campanha de vacinação contra a Covid-19, assim que se possa avançar com esse processo". Até lá, "é necessário continuar a adotar medidas de proteção, como o uso da máscara, que já salvou milhões de pessoas durante esta pandemia, e respeitar o dever de confinamento", acrescentou o autarca, a propósito de algumas transgressões ocorridas no concelho da Mealhada, relembrando a existência de um serviço municipal, que presta apoio a pessoas que tenham necessidade de sair à rua, por exemplo, para adquirir bens de primeira necessidade.

Do lado das IPSS, ficou o apelo ao reforço da sensibilização junto de colaboradores, reavivando procedimentos para prevenir e controlar infeções, através de nova leitura de planos de contingência ou voltando à formação básica de funcionários acerca das regras de higiene e segurança a adotar.

Ainda em matéria de apelos aos cuidados a ter em tempo de pandemia, foi desaconselhada, pela delegada de Saúde do concelho da Mealhada, a saída dos idosos das IPSS para passarem o Natal com as famílias e a retoma, este ano, das atividades desportivas das associações e dos clubes concelhios.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 16 dezembro 2020






Notícias Relacionadas