Ir para o conteúdo principal

Câmara distribui quatro mil ecopontos gratuitos para dar início à recolha de resíduos porta-a-porta

30 junho, 2021

Câmara distribui quatro mil ecopontos gratuitos para dar início à recolha de resíduos porta-a-porta

O "Mealhada Porta-a-Porta" vai passar, imediatamente, para o terreno com a distribuição de quatro mil ecopontos domésticos para recolha separada de vidro, papel/papelão e plástico/embalagens.

Os munícipes podem, a partir de agora, fazer reciclagem sem sequer saírem de casa. Os serviços municipais irão iniciar já, na cidade da Mealhada, esta distribuição porta-a-porta: cada munícipe recebe em casa três contentores, de 120 litros cada: um de tampa amarela, para reciclagem de plástico e metal; outro de tampa azul, para papel e cartão; e um terceiro de tampa verde, para o vidro. Existe ainda a possibilidade de qualquer munícipe (cujo contacto, por exemplo, não tenha sido possível) fazer a inscrição no site do município ou na Secção de Águas da Câmara Municipal. Este projeto abrange também os prédios em propriedade horizontal, neste caso, com a cedência de contentores de 240 litros, com exceção do vidro, que se mantêm o volume de 120 litros.

O processo depois é simples: no seu dia a dia, a população vai enchendo os contentores e apenas tem que ter a preocupação de os colocar à sua porta nos dias definidos de recolha. (Ver "Mealhada porta-a-porta é simples e fácil").

O projeto tem como objetivo aumentar a quantidade de material reciclado recolhido e, consequentemente, a percentagem de reciclagem do Município, contribuindo para a economia circular e melhorando o seu desempenho ambiental. Desta forma, conseguir-se-á reduzir a quantidade de resíduos indiferenciados e os custos com o seu tratamento.  

O "Mealhada Porta a Porta" está integrado na candidatura ao Aviso POSEUR-11-2017-22 e significa um investimento global superior a um milhão de euros, uma vez que inclui a aquisição de viatura para recolha seletiva de resíduos, bem como outras medidas como implementação de uma solução integrada para gestão dos resíduos na rede de ecopontos do concelho da Mealhada e a implementação de projeto-piloto de PAYT (pay-as-you-throw) em três freguesias do concelho.


Mealhada porta-a-porta é simples e fácil

Como funciona?

O munícipe será contactado pessoalmente pelos serviços da autarquia, receberá um ecoponto e assinará um formulário de receção deste equipamento. Neste contacto será efetuada a descrição do projeto e explicada a forma como irá funcionar, sendo realizada uma pequena ação de sensibilização. Caso não seja possível o contacto pessoal, o munícipe poderá inscrever-se no projeto, preenchendo o formulário disponível aqui ou na Secção de Águas autarquia. Após a receção deste documento e a sua validação proceder-se-á ao agendamento e entrega do equipamento.

Após a receção do ecoponto, poderá começar a fazer a reciclagem. Nos dias estipulados, coloca os contentores à porta para que os resíduos sejam recolhidos pelos serviços municipais. Apenas serão recolhidos resíduos devidamente separados.

Este projeto abrange também os prédios em propriedade horizontal, neste caso, com a cedência de contentores de 240 litros, com exceção do vidro, que se mantêm o volume de 120 litros.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 30 junho 2021






Notícias Relacionadas



Bosque Madiba recebeu árvore Ubuntu
20 julho, 2021

Bosque Madiba recebeu árvore Ubuntu

O Ubuntu Fest e as comemorações do Dia de Nelson Mandela, que decorreram, no domingo, na Mata Nacional do Bussaco, no concelho da Mealhada, culminaram ...