Ir para o conteúdo principal

Feira de Artesanato e Gastronomia – Mealhada 2022 é inaugurada pela ministra da Coesão Territorial

30 maio, 2022

Feira de Artesanato e Gastronomia – Mealhada 2022 é inaugurada pela ministra da Coesão Territorial

Está praticamente tudo pronto para a Feira de Artesanato e Gastronomia – Mealhada 2022, que se realiza entre 4 e 12 de junho, no Jardim Municipal da Mealhada. A inauguração conta com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, dia 4 de junho, às 17h.

O núcleo central da cidade da Mealhada ganha nova vida, de 4 a 12 de junho, com a feira que trará artesanato e gastronomia, mas também espetáculos culturais, música, zona de diversões e atividades múltiplas. A porta de entrada do Certame será, espera-se, o espaço 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada, onde se poderão degustar as iguarias que constituem a marca: pão, água, vinho e leitão.

O Jardim Municipal da Mealhada terá stands dedicados ao artesanato, com artes e saberes que vão desde a tecelagem ao trabalho em estanho, do empalhamento de garrafões à cestaria, dos bordados à cerâmica, do macramé à pirogravura, ou aos trabalhos em tecido, madeira, couro ou papel.

No setor da gastronomia, existirão cinco tasquinhas representativas dos sabores locais: do leitão à cabidela, da chanfana aos negalhos. E não faltam os produtos alimentares artesanais como os gelados artesanais, pão e enchidos.

O recinto da feira conta uma área de street-food, zona de diversões (carrinhos de choque, insufláveis, etc.) e Zona 231, um espaço vocacionado para a juventude, mas que terá também a dinamização de diversas atividades municipais, desde oficinas a palestras.

Os espetáculos decorrem, principalmente, em dois palcos. Um palco, que funcionará como uma extensão do Cineteatro Messias, onde acontecem os espetáculos noturnos, incluindo música, teatro e cinema. Neste palco, a cabeça de cartaz é a fadista Cuca Roseta, dia 12 de junho, mas atuam também cantores do concelho de diversos tipos de música, do fado ao pop/ rock. Sede Bandida e Andy Scotch iniciam (4 de junho), seguindo-se uma noite de Cineconcerto e com a atuação da fadista Edna Costa (5 de junho). Seguem-se a Oficina de Música da EB2 da Mealhada e Miguel Silva (6 de junho), TILT (7 de junho), Odete (8 de junho), Pedro Batalha e António Calvário, dia 9 de junho. No dia 10 de junho, a noite será de teatro satírico e de música, com Eletrick Band, seguindo-se, a 10 de junho, Spice Jam e PAMA. A fechar, ainda antes de Cuca Roseta, atua o virtuoso Francisco Saldanha.

O Palco Coletividades será inteiramente dedicado às associações concelhias, com folclore, grupos corais, dança, samba, música popular portuguesa e bandas filarmónicas.

O palco Juventude terá também dj convidados nas vésperas de fim de semana e feriado.

A transferência do certame para o centro da cidade procura dar vida ao núcleo central, esperando-se que gere um impacto positivo na economia local. "Esta nossa opção tem muito que ver com toda a nossa política de espaço público. Entendemos o espaço público como um local de vida, de encontro de pessoas, de partilha e de valorização do mesmo. Não queremos centros - seja da sede do Município, seja das aldeias e vilas - que sejam apenas de passagem de viaturas a caminho deste ou de outro local. Queremos que haja vida e pessoas", sublinha António Jorge Franco, presidente da Câmara Municipal da Mealhada, convidando todos os mealhadenses a visitarem o certame.

O acesso a todos os espetáculos é gratuito.

Ficheiro Tamanho Data Publicação
Programa da Feira 423KB 30|mai 2022
Press - Ficheiro PDF Press Release - 30 maio 2022






Notícias Relacionadas