Ir para o conteúdo principal

Curso de atendimento contou com mais de uma centena de participantes

11 março, 2011

Curso de atendimento contou com mais de uma centena de participantes
O curso “Atendimento – a arte de encantar” decorreu hoje no auditÓrio da Escola Profissional da Mealhada e contou com 119 participantes. Uma acção de formação gratuita, promovida pelo Instituto Português de Relações com o Cliente (IPRC) com o apoio da Câmara Municipal da Mealhada, que procurou sensibilizar os participantes para a importância do profissionalismo no atendimento e dotá-los de conhecimentos que lhes permitam a excelência no atendimento ao cliente.

Quais as competências fundamentais dos profissionais de atendimento? Qual o segredo de uma comunicação eficaz? E, afinal, o que é o atendimento de qualidade? Quais são as suas fases? E como se deve enfrentar uma reclamação? Questões que interessam a todos os que lidam diariamente com o atendimento ao público e cujas respostas foram hoje conhecidas na acção “Atendimento – a arte de encantar”. Depois de uma sessão em Aveiro, foi a Mealhada o concelho eleito para a segunda edição da iniciativa no distrito e a adesão foi muita, com o auditÓrio da Escola Profissional praticamente lotado.

“é uma honra acolher esta iniciativa e ver a sala cheia. Os serviços são a nossa grande arma em termos de actividade econÓmica e é importantíssimo proporcionarmos mais e melhor formação aos nossos profissionais”, avançou a vice-presidente da Câmara, Filomena Pinheiro, no arranque da acção de formação. “Estou certa que hoje, no final do dia, todos sairemos daqui mais enriquecidos, mais certos do nosso papel enquanto agentes econÓmicos”, concluiu. “é um prazer ter aqui uma plateia tão grande, tão ávida de conhecimento e sobretudo ver aqui ex-alunos que já não via há 15 anos”, afirmou, por sua vez, o director-geral da Escola Profissional da Mealhada, João Pega.

Esta é uma iniciativa que está a ser promovida pelo IPRC em seis distritos do país, no âmbito do projecto LAC – Atendimento Amigo do Cliente – selo que distingue os estabelecimentos com um atendimento de qualidade. Uma formação ministrada pela ENERGICA – Academia de Formação e Consultoria, entidade acreditada pela Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, que procura promover, dignificar e qualificar uma profissão de grande importância para a economia nacional, uma vez que um atendimento de qualidade é cada vez mais condicionante na decisão de compra do consumidor.

“A principal razão porque um negÓcio perde clientes tem a ver com as pessoas, com o profissional que está a atender: 68% dos clientes mudam porque não gostaram da forma como foram tratados, ficaram insatisfeitos com a atitude de quem os atendeu”, argumentou a formadora Judite Manso, explicando a importância do empenho e profissionalismo no atendimento ao cliente. “é preciso ter três competências fundamentais: conhecimento, sobre o mercado, o produto, tudo; habilidade, competências que podemos aperfeiçoar; e atitude, a nossa personalidade é fundamental, mas podemos treiná-la”, explicou a formadora, antes de desenvolver, ao pormenor, cada um dos tÓpicos. “é sobre isto que hoje vamos falar. Lembrem-se que nÓs somos o que queremos ser”, concluiu.

A acção de formação teve início pelas 9h30, estando previsto terminar pelas 17h30, e cada formando recebeu um certificado de participação.

(2011-03-11) - Press Release






Notícias Relacionadas



Câmara aprova prolongamento de medidas excecionais de apoio à restauração e ao comércio
22 dezembro, 2021

Câmara aprova prolongamento de medidas ...

A Câmara da Mealhada aprovou, a título excecional, o exercício da atividade não sedentária de restauração ou de bebidas no concelho. Esta medida é ...