Ir para o conteúdo principal

Orçamento de 22 milhões contempla obras de vulto em todo o município

18 dezembro, 2018

Orçamento de 22 milhões contempla obras de vulto em todo o município

A Câmara da Mealhada aprovou, na última reunião de Executivo Municipal, o orçamento de cerca de 22 milhões de euros para 2019. Um documento que prevê o avanço de diversas obras fundamentais para o concelho, como o parque de estacionamento no Luso e o projeto do Chalet Suisso, na Pampilhosa.

Além destas duas grandes obras, o orçamento de 22.108.100 euros comporta um conjunto de investimentos como a Sala Polivalente de Luso, a grande reparação da Piscina da Mealhada, a reparação do Pontão da Pampilhosa, a aquisição de equipamento para a Casa da Juventude, os regadios tradicionais Luso-Vacariça e Santa Cristina, a reabilitação do Bairro Social da Póvoa da Mealhada, a reparação da encosta da Quinta do Alberto, no Luso, a reparação do Chalet de Santa Teresa e antigas garagens do Palace, na Mata Nacional do Bussaco, a Continuação do Plano de Ação de Regeneração Urbana na Mealhada ou o projeto da ciclovia Ventosa – Mealhada, entre outros.

O documento menciona ainda uma série de obras iniciadas em 2018, que significam investimento ainda no ano de 2019, como sejam a Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) da Mealhada, a ligação alta-baixa de águas Mealhada – Antes – Ventosa do Bairro, a requalificação da Escola Secundária da Mealhada e intervenções nos jardins de infância, o Mercado da Pampilhosa, a Modernização Administrativa, a intervenção no Convento de Santa Cruz e Ermidas da Via-Sacra, no Bussaco, a remodelação da rede de abastecimento de água Casal Comba ou a Rede de Saneamento de Barcouço e Mealhada, Vacariça e Luso.

Rui Marqueiro, presidente da Câmara da Mealhada, explicou que este orçamento visa o desenvolvimento económico do município, assente em diversos pilares: na promoção e preservação da Mata Nacional do Bussaco - "um espaço único na região e no país, onde a Câmara Municipal da Mealhada continuará a investir recursos juntamente com a Fundação Mata do Bussaco, na exata medida das necessidades" -, na construção dos mercados da Pampilhosa e da Mealhada e na requalificação dos regadios tradicionais, dando assim apoio  à agricultura e à economia local.

Outra das vertentes é a promoção do território e a alavancagem da economia local através da presença em feiras nacionais e representação em internacionais, promovendo e divulgando o território, a gastronomia, a restauração, a hotelaria, as termas, e do apoio a grandes eventos desportivos, que ajudam também a dinamizar a economia local.

O autarca destacou ainda o investimento nas áreas da Educação, com a melhoria de instalações escolares, sublinhando que está atento à reprogramação do Programa 2020 e fará o que for necessário para acompanhar novas oportunidades de co-financiamento, mantendo sempre a saúde financeira da autarquia, que tanto tem sido destacada a nível nacional. O orçamento, aprovado por maioria, com os votos contra da Coligação "Juntos pelo Concelho da Mealhada", segue para aprovação da Assembleia Municipal.

Press - Ficheiro PDF Press Release - 18 dezembro 2018






Notícias Relacionadas



Câmara aprova impostos para 2020
20 agosto, 2019

Câmara aprova impostos para 2020

A Câmara da Mealhada aprovou, na última reunião do Executivo Municipal, os impostos para 2020 – Imposto Municipal sobre Imóveis, IRS e Derrama ...